ARAGUAÍNA SEM LEI TOCANTINS SEM SEGURANÇA:

Por G1 Tocantins

 

Um mulher viu o marido ser baleado e morto na porta da casa deles em Araguaína na tarde desta quarta-feira (13). Wilton Leite Arantes Melo, de 29 anos, pilotava uma motocicleta com a mulher estava na garupa. No momento em que eles chegavam em casa, quatro homens que já estavam esperando desceram de um carro e começaram a atirar.

Os atiradores conseguiram fugir e até o começo da noite nenhum suspeito tinha sido preso. A mulher estava muito abalada e não conseguiu passar detalhes sobre o tipo de veículo usado para a polícia. Segundo a PM, o crime tem características de ter sido motivado por algum tipo de conflito anterior, já que nada foi roubado e a mulher não foi ferida.

O corpo de Wilton Leite foi levado para o Instituto Médico Legal de Araguaína. O Samu chegou a ir até o local, mas quando chegou o homem já tinha morrido. O crime foi no setor Maracanã.

A perícia da Polícia Civil esteve no local e o caso foi encaminhado para a Delegacia de Homicídios.

você pode gostar também