Militares vão atuar mais intensamente no Programa Mais Médicos

Militares vão atuar mais intensamente no Programa Mais Médicos

Militares vão atuar mais intensamente no Programa Mais Médicos

O Ministério da Defesa autorizou o emprego das Forças Armadas em apoio a parte logística do Programa Mais Médicos.

A decisão foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira (16), e vale para todo o território nacional, detalhando a atuação do Exército, da Marinha e da Aeronáutica.

O ministro da Defesa, general Fernando Azevedo, estará no comando das ações envolvendo os médicos militares no programa de saúde.

“Na portaria publicada, na seção 1, página 19, os militares atuarão para a recepção, hospedagem, transporte e distribuição dos médicos intercambistas e supervisores nos municípios de atuação em apoio ao programa”, informa o “UOL“.

Haverá um oficial de cada Força para assumir a função de ligação entre os demais e assim trocar informações e definir ações.

De acordo com os coordenadores do programa, os militares participam do Mais Médicos na recepção dos integrantes do programa em aeroportos e no deslocamento aéreo para capitais e centros de capacitação.

O apoio logístico será feito de forma integrada com os ministérios da Saúde e da Educação e Cas

você pode gostar também