Auditoria no DPVAT aponta R$ 1 bilhão em possíveis irregularidades

Auditoria no DPVAT aponta R$ 1 bilhão em possíveis irregularidades

Auditoria no DPVAT aponta R$ 1 bilhão em possíveis irregularidades
Tarciso Morais

Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Em 2018, outra auditoria, desta vez do Tribunal de Contas da União, também apontou fraudes na gestão do DPVAT.

Uma auditoria da consultoria KPMG na Seguradora Líder, responsável por administrar o seguro obrigatório DPVAT, apontou uma extensa lista de inconsistências financeiras e administrativas.

O relatório destaca despesas sem comprovação, concentração no pagamento de sinistros em pequeno número de médicos, gastos excessivos no pagamento de advogados e até compra de garrafas de vinho e de um veículo usado pela esposa de um ex-diretor da empresa, informa o jornal Folha.

Encomendado em 2017 pela atual direção da Líder, o levantamento avaliou documentos da seguradora de 2008 a 2017.

Composto por 73 empresas, o consórcio que controla a Líder foi criado em 2007 para gerenciar o DPVAT.

Ele é responsável pelo pagamento das indenizações e pela arrecadação dos prêmios pagos por proprietários e veículos.

você pode gostar também