Candidato em Palmas, Fernandes da Guarda promete unir segurança e bem-estar social 

Gilmar Fernandes Cunha, o Fernandes da Guarda do Partido Liberal (PL), é guarda metropolitano há 24 anos. Presidente licenciado do Sindicato dos Guardas Metropolitanos do Tocantins (SIGMEP), há muitos anos luta pela valorização da categoria a qual faz parte. “Recebi um sindicato dentro de uma caixa de papelão, onde tinha apenas alguns papéis relacionados aos pouquíssimos filiados”, relembra Fernandes.

 

Em 2015, quando tomou posse como presidente do SIGMEP, buscou reforçar a categoria e conseguiu em Brasília, com o deputado federal, Vicentinho Júnior, recurso para aquisição de equipamentos para GMP. Ao lado de Nilmar Ruiz, madrinha e quem implantou a Guarda Metropolitana de Palmas, inauguraram a nova sede do SIGMEP.

 

As lutas

 

Fernandes viu de perto o desenvolvimento da sua categoria, passando de vigilantes de órgãos públicos a integrantes da segurança pública municipal. “Antigamente os guardas metropolitanos ficavam nos prédios, nas secretarias, cuidando do patrimônio. Com as lutas e o apoio de Nilmar Ruiz vimos nascer a valorização e construção da identidade da Guarda como peças-chaves da segurança pública palmense”, comemora Fernandes.

 

O que Fernandes quer para Palmas?

 

O sonho de ser vereador em Palmas nasceu junto com a necessidade de representatividade tanto para o guarda metropolitano quanto para os cidadãos atendidos pelos agentes de segurança. “Eu conheço Palmas como a palma da minha mão. De Buritirana ao Água Boa, passando pelo Jardim Taquari, Vale do Sol e Cachoeirinha. Os palmenses querem mudança e pedem ajuda para tornar a nossa capital um orgulho para cada um que aqui vive”, conta Fernandes.

 

Dentre as propostas como candidato Fernandes, se eleito, vai propor a reestruturação da forma como é distribuído o efetivo da Guarda metropolitana, criando as Inspetorias Regionais em vários bairros.

 

– Quer Lutar pela realização de concursos públicos para Guarda Metropolitana;

– Lutar pela realização de concursos públicos para Guarda Metropolitana;

– Incentivar a criação de faculdade e cursos técnicos para atender as pessoas mais carentes;

– Que os recursos da Educação sejam distribuídos de acordo com a quantidade de alunos por localidade, de modo que, onde haja o maior número de alunos, seja onde o recurso se aplique em maior volume;

– Fiscalizar a manutenção e a qualidade do transporte escolar gratuito na rede escolar municipal;

– Propor a expansão do Programa Guardião escolar, para oferecer mais segurança e proteção no ambiente escolar, prevenindo a violência, o tráfico e consumo de drogas e o abuso sexual infantil;

– Propor elaboração de programas de metas para notas do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica – IDEB, com bonificação de professores e certificação de alunos;

– Lutar pela valorização profissional de saúde, com melhores salários e melhores condições de trabalho e incentivar a formação de profissionais nessa área;

– Trabalhar pela implantação de Unidades de Saúde nas zonas rurais;

– Melhorar a questão das especialidades médicas do município;

– Implementar as Unidades de Saúde da Família, para descarregar as UPAs;

– Lutar pela reimplantação do programa cinturão verde de apoio a produção agrícola no município de Palmas;

– Criar projetos de incentivo ao primeiro emprego, e cursos profissionalizantes;

 

Fernandes nas redes

 

Para saber mais sobre propostas, Fernandes da Guarda está no Facebook e Instagram, aberto a debater e mostrar um projeto acolhedor para todos os palmenses.

Conheça um pouco da história de Fernandes da Guarda: https://www.facebook.com/fernandes.gmp/videos/vb.636663003622329/667153134157047/?type=3&theater

você pode gostar também