Cantor sertanejo é preso em operação da PF que investiga tráfico de drogas em Paraíso do TO

Por G1 Tocantins

 


Um cantor sertanejo, de nome não informado, foi preso durante a operação Singer, da Polícia Federal, que investiga uma organização suspeita de tráfico de drogas em Paraíso do Tocantins. A companheira dele também foi presa durante o cumprimento de mandados judiciais.

Foram cumpridos três mandados de prisão e um de busca e apreensão no município. O terceiro investigado ainda não foi encontrado. A operação foi realizada para combater o tráfico de drogas na região.

O cantor é o principal alvo da operação. Ele cantava em barzinhos nas noites de Paraíso e já cumpria pena por tráfico de drogas em regime semiaberto. No quarto dele e da companheira, foram apreendidas cinco porções de uma substância parecida com cocaína e uma semelhante a maconha, além de uma balança de precisão.

Os investigados devem responder pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

O nome da operação significa cantor em inglês e faz referência ao principal alvo da operação.

você pode gostar também