Chorando de fome, criança e adolescente são resgatados após ficarem trancados por dois dias

Por Patrício Reis

 

Policiais militares entrando em casa para resgatar crianças abandonadas — Foto: Reprodução

Policiais militares entrando em casa para resgatar crianças abandonadas — Foto: Reproduçã

Um adolescente e uma criança foram resgatados de uma casa após ficarem dois dias sozinhos, trancados e chorando de fome. Segundo a Polícia Militar, a responsável por eles era uma irmã mais velha que havia saído de casa para uma festa e não voltou.

O resgate dos menores aconteceu neste sábado (10) em uma casa no setor Vila Piauí, em Araguaína, depois de uma denúncia de abandono de incapaz.

Quando chegaram ao local os militares encontraram uma menina de oito anos e um menino de 12 anos. Os dois estavam chorando de fome e contaram que estavam sozinhos desde sexta-feira (9).

Conforme o relato, a mãe deles está em um hospital acompanhando outro filho que passou por uma cirurgia.

Os dois contaram à PM que ficaram em casa com uma irmã de 25 anos, mas ela supostamente saiu para uma festa e deixou eles trancados e sem comida.

LEIA MAIS

  • Menina com hidrocefalia é adotada por casal de São Paulo após ser abandonada pelos pais biológicos em hospital
  • Casal é preso por abandono de incapaz após deixar cinco crianças sozinhas em casa

 

Os policiais levaram os dois menores até uma lanchonete, onde foram alimentados. O Conselho Tutelar de Araguaína foi chamado e o conselheiro plantonista levou os irmãos até uma casa de acolhimento.

A jovem responsável pelos menores não foi localizada no momento do resgate. O caso foi registrado como abandono de incapaz e encaminhado para a Polícia Civil de Araguaína.

O Conselho Tutelar informou que a situação foi resolvida, mas por tratar-se de criança, o caso é sigiloso e informações não podem ser divulgadas.

Comentários
você pode gostar também