DEM, MDB e PSD vão governar a maioria das cidades do Tocantins

Por G1 Tocantins

 


Mapa mostra resultados em cada cidade e partidos mais votados — Foto: G1

Mapa mostra resultados em cada cidade e partidos mais votados — Foto: G1

Com o fim da apuração das Eleições 2020 no Tocantins os partidos DEM, MDB e PSD despontam como os que mais elegeram prefeitos no estado. O DEM lidera e vai governar 26 dos 139 municípios. O MDB fica com 23 prefeituras e o PSD com 22 gestores. (veja a lista completa abaixo)

Apesar disso, nenhum dos três partidos conseguiu eleger candidatos nos maiores colégios eleitorais do Tocantins. A prefeitura de Palmas ficou com Cinthia Ribeiro, do PSDB. O partido dela vai governar apenas mais uma cidade no estado além da capital: Pium.

Em Araguaína levou Wagner Rodrigues, do Solidariedade. Neste caso, a situação do partido é um pouco mais confortável, figurando na quarta colocação entre as maiores legendas, com 15 prefeituras. Em Gurupi o PROS, de Josi Nunes, teve sua principal vitória. Como o PSDB, o PROS também vai governar apenas duas cidades. Gurupi e Centenário.

Para o PSD, o maior colégio eleitoral de 2020 é a prefeitura de Porto Nacional, com Ronivon. O MDB leva a prefeitura de Paraíso do Tocantins, com Celso Morais.

Mudanças com relação a 2016

 

Nas últimas eleições municipais, em 2016, a liderança no Tocantins era do PSD, que tinha 28 prefeitos e agora caiu para 22. O PV também encolheu, de 12 cidades em 2016 para cinco em 2020. O MDB, que em 2016 ainda se chamava PMDB, foi de 27 para 23 prefeitos.

O PSB foi de nove prefeitos em 2016, incluindo a capital e Gurupi, para governar apenas uma em 2020: Babaçulândia.

O maior crescimento foi do DEM, que em 2016 tinha apenas um prefeito eleito, em Rio Sono, e agora é o partido que vai administrar mais municípios, com 26. O Solidariedade tinha cinco prefeitos na última eleição e foi para 15.

O PSDB foi de cinco prefeitos para dois. O PTB subiu de cinco para 15. O PP caiu de 10 para sete. O PL, que não tinha nenhum prefeito, conseguiu eleger seis neste ciclo eleitoral. O PSC subiu de um prefeito para seis. O PT foi de dois nas últimas eleições para quatro em 2020. O PSL foi de um para três.

Avante e Cidadania que não tinham prefeitos eleitos em 2016 agora contam com dois cada. O PROS foi de um para dois. Podemos e Republicanos elegeram um prefeito cada este ano e não tinham nenhum anteriormente. O PDT se manteve com um gestor.

Veja como ficou a composição dos partidos em 2020:

 

  • DEM – 26 cidades
  • MDB – 23 cidades
  • PSD – 22 cidades
  • SD – 15 cidades
  • PTB – 10 cidades
  • PP – sete cidades
  • PL – seis cidades
  • PSC – seis cidades
  • PV – cinco cidades
  • PT – quatro cidades
  • PSL – três cidades
  • Avante – duas cidades
  • Cidadania – duas cidades
  • PROS – duas cidades
  • PSDB – duas cidades
  • Podemos – Uma cidade
  • PDT – uma cidade
  • PSB – uma cidade
  • Republicanos – uma cidade
você pode gostar também