Em Consórcio da Amazônia Legal, governador Carlesse propõe atuação conjunta das bancadas em prol dos Estados

Em Consórcio da Amazônia Legal, governador Carlesse propõe atuação conjunta das bancadas em prol dos Estados

Após fala de Carlesse, foi aprovada reunião conjunta com as bancadas e Palmas como sede da próxima reunião do Consórcio

Élcio Mendes/Governo do Tocantins

O governador do Estado do Tocantins, Mauro Carlesse, participou na tarde desta terça-feira, 23, em Brasília, da Assembleia Geral do Consórcio Interestadual da Amazônia Legal. Esta foi a primeira Assembleia Geral do novo Consórcio, que tem como filiados os estados do Maranhão, Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Roraima, Pará, Rondônia e Tocantins.

Nesta reunião, foram apresentados o processo de elaboração do planejamento estratégico do Consórcio; o levantamento de informações junto aos Estados membros; a formação dos conselhos do Consórcio e a construção da agenda para o restante do ano; e a apresentação da minuta do estatuto do Consórcio.

Em sua fala, o governador do Tocantins, Mauro Carlesse, defendeu uma união ainda maior dos governos estaduais com suas respectivas bancadas federais, visando a defesa de uma pauta comum no Congresso Nacional. “Todos os Estados que representamos necessitam do trabalho e do apoio das bancadas federais. Com as nossas bancadas atuando juntas em defesa dos interesses comuns dos estados da Amazônia Legal, vamos ter mais força e os resultados poderão ser revertidos em ações para o desenvolvimento dos Estados”, afirmou o governador Carlesse.

Após a fala do governador Carlesse, os governadores aprovaram uma reunião conjunta com todas as bancadas para o próximo dia 8 de maio, em Brasília. Também ficou definido que Palmas sediará uma edição da reunião de governadores do Consórcio em junho deste ano.

Também compôs a pauta da reunião, a proposta de criação de Fundo para o Desenvolvimento Sustentável da Amazônia Legal. Outra deliberação do Consórcio foi a sinalização de um alinhamento com Consórcio dos Estados do Nordeste, visando fortalecer a frente parlamentar no Senado que já atua nesse sentido.

Em relação à formação do Conselho de Administração do Consórcio, o governador Mauro Carlesse indicou como representantes do Tocantins os seguintes nomes: Rolf Costa Vidal, secretário-chefe da Casa Civil, como membro titular; Sergislei Silva de Moura, secretário-executivo de Planejamento e Orçamento da Secretaria de Fazenda e Planejamento, como suplente. E para compor a função de técnico focal no Consórcio, o Tocantins indicou David Siffert Torres, superintendente de captação de recursos e gestão do gasto público da Secretaria da Fazenda e Planejamento.

Sugestão de legenda:

Foto 1 : Esta foi a primeira Assembleia Geral do novo Consórcio, que tem como filiados os estados do Maranhão, Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Roraima, Pará, Rondônia e Tocantins

Foto 2: Na reunião foram apresentados o processo de elaboração do planejamento estratégico do Consórcio

Credito das fotos: Governo do Tocantins

você pode gostar também