GOVERNO CORRUPTO:CARLESSE NÃO PAGA E COLOCA AS UTIS EM RISCO

15/01/2020 Governo atrasa parcelas da dívida de R$ 15 milhões e coloca em risco UTIs do Dona Regina

Lailton Costa

Governo atrasa
parcelas da dívida de
R$ 15 milhões e coloca
em risco UTIs do
Dona Regina
Atraso em parcelas negociadas com Intensicare
levou empresas a notificar Secretaria da Saúde
de suspensão do serviço; SES diz que atraso
representa 10% do acordo e contranotifica
empresas para manter serviços
15/01/2020 – 09:29
O serviço de UTI neonatal do Hospital e
Maternidade Dona Regina na capital corre risco
de ficar comprometido novamente, por
inadimplência do governo do Estado.
Prestado pelas empresas do grupo Intensicare
(com dois CNPJs) ao governo o serviço
acumulou nova dívida, agora com o atraso do
governo em parcelas de um acordo no qual
negociou em 20 vezes uma conta de quase R$
15 milhões.
Com o novo atraso, as empresas anunciaram ao
governo, em notificação oficial, que vão
suspender o atendimento caso não haja o
pagamento do débito.
A empresa confirmou ao Jornal do Tocantins
que continua atendendo e a notificação é de
15/01/2020 Governo atrasa parcelas da dívida de R$ 15 milhões e coloca em risco UTIs do Dona Regina
https://www.jornaldotocantins.com.br/editorias/politica/antena-ligada-1.1694939/governo-atrasa-parcelas-da-dívida-de-r-15-milhões-e-coloca-em-risco… 2/4
praxe, diante do atraso que inviabiliza o
financeiro responsável por fornecedores folha
de pagamento.
O secretário da Saúde Luiz Edgar Leão Tolini
reagiu com uma contranotificação. Nela,
reconhece atraso de, pelo menos, três parcelas
das 20 acordadas (de R$ 748,5 mil cada) e
garante ter quitadas 17 delas. “O débito
cobrado na notificação das empresas importa
em pouco mais de 10% (dez por cento) de todos
os empenhos emitidos e liquidados”, diz, na
contranotificação, ao alegar a existência de
“adimplemento substancial”.
Tolini diz que a situação desautoriza as
empresas de suspender o atendimento “sob pena
de punição contratual e legal” por se tratar de
serviço de natureza essencial.
Ele defende que as empresas devem manter a
prestação do serviço a contar da data do
recebimento da contranotificação, expedida dia
14 de janeiro, sob pena de rescisão contratual.
15/01/2020 Governo atrasa parcelas da dívida de R$ 15 milhões e coloca em risco UTIs do Dona Regina
https://www.jornaldotocantins.com.br/editorias/politica/antena-ligada-1.1694939/governo-atrasa-parcelas-da-dívida-de-r-15-milhões-e-coloca-em-risco… 3/4
15/01/2020 Governo atrasa parcelas da dívida de R$ 15 milhões e coloca em risco UTIs do Dona Regina

você pode gostar também