Graças ao STF o líder da ORCRIM pode ser solto

Graças ao STF o líder da ORCRIM pode ser solto

Após STF ‘derrubar’ Lava Jato, Procurador admite que Lula poderá ser livre

Nesta quinta-feira (14), o procurador Carlos Fernando dos Santos Lima, avaliou a decisão do Supremo Tribunal Federal.

De acordo o procurador, esta decisão pode acabar resultando na anulação da condenação do ex-presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva.

Isso porquê, Lula não foi julgado e condenado por crime eleitoral na Lava Jato, mas sim pelo caso do Triplex, localizado no litoral de São Paulo, Guarujá, que supostamente seria dele, e o sítio de Atibaia, ligados à corrupção e lavagem de dinheiro, que competem a Justiça Federal julgá-lo.

Sobre a nova decisão do Supremo Tribunal Federal na noite da última quinta-feira (14), dando poderes a Justiça Eleitoral de julgar os casos de corrupção e lavagem de dinheiro quando ligados a caixa 2 de campanhas, o Procurador foi direto

Carlos  disse que se o STF mandar tudo para ser julgado pela Justiça Eleitoral, por qual motivo eles não anulariam a condenação de Lula. Pois para o Procurador, a condenação no caso do triplex não envolve somente isso, existe dinheiro de corrupção que foi encaminhado para o Partidos dos Trabalhadores, fazendo com que a questão também seja de competência eleitoral.

Por 6 votos a 5, o STF decidiu que a Justiça Eleitoral poderá investigar casos de corrupção quando simultaneamente envolver caixa 2 de campanha e outros crimes comuns, como lavagem de dinheiro, que até então, são investigados pela Lava Jato.

Marco Aurélio, ministro do STF, disse logo após a votação, que a decisão de levar a Justiça Eleitoral julgamentos de crimes comuns, podem resultar na anulação de condenações.

Info: 1News

Leia mais:

Gleisi é massacrada pela internet após dizer que o PT vai cancelar decreto de BolsonaroABC Politico

você pode gostar também