Heroína que emocionou ao salvar caminhoneiro, consegue tratamento contra tumor

Heroína que emocionou ao salvar caminhoneiro, consegue tratamento contra tumor

Leiliane foi diagnosticada com tumor cerebral em novembro de 2018.

Após o Balanço Geral apresentar a história da mulher, ela finalmente conseguiu o tratamento que precisa. Leiliane ficou conhecida após salvar o motorista de caminhão que se envolveu no acidente com o helicóptero do jornalista Ricardo Boechat.

A vendedora de veículos e camelô, Leiliane Rafael da Silva, de 28 anos, conquistou o Brasil após tentar salvar João Adroaldo, caminhoneiro de 52 anos, ferido no acidente que matou o jornalista Ricardo Boechat.

 

Desde que descobriu, há quatro meses, ao dar à luz a sua filha mais nova, que tem uma doença chamada malformação arteriovenosa (MAV), Leiliane aguarda na fila do Sistema Único de Saúde (SUS) por uma cirurgia para sanar o problema. Por conta da doença, ela teve uma convulsão durante o parto e não pode ficar muito tempo sozinha.

Apesar de tudo, a vendedora nega o título de heroína. “Pelo amor de Deus. Eu fiz o mínimo, que foi ajudar uma pessoa que estava viva depois de um acidente”, disse, em entrevista o site Universa.

você pode gostar também