Município de Palmeirópolis é investigado por omissões e descaso na área da saúde

Município de Palmeirópolis é investigado por omissões e descaso na área da saúde

Condutas reiteradas de ineficiência, a inércia e a demora em responder às demandas na área da saúde, levaram o Ministério Público do Tocantins (MPTO) a instaurar procedimento investigatório em face do Município de Palmeirópolis.

O promotor de Justiça Mateus Ribeiro, que responde pela Promotoria de Justiça de Palmeirópolis, justifica que as respostas aos ofícios são vagas, não apresentam solução para o caso, sendo ainda pior, quando se trata da negativa de resposta por escrito ao cidadão.

Em um dos casos, o promotor de Justiça relata a situação de uma cidadã, que aguarda, há mais de seis meses, pelo fornecimento de um medicamento. “Analisando isoladamente não parece tão grave, mas em conjunto com outros, endossam a tese de descaso e afronta, em especial, aos princípios constitucionais da eficiência, legalidade e moralidade, o que supostamente configura improbidade administrativa, tanto do prefeito, quanto da secretária de saúde”.

Diante disso, o MPTO requer que, no prazo de 10 dias, a Secretaria Municipal de Saúde de Palmerópolis, justifique de forma objetiva e detalhada o motivo de suas reiteradas omissões em solucionar as demandas apresentadas e a ausência de negativa de resposta, por escrito, aos cidadãos.  A falta de resposta, no prazo estipulado, será entendida como desinteresse passível de sanção.  (Denise Soares)

Assessoria de Comunicação do MPTO
(63)3216-7515/ 3216-7532
Alayla Milhomem: 63.98402-3074
Denise Soares: 63.98462-3723
Flávio Herculano: 63.98421-9270

João Lino Cavalcante: 63.98404-3078


Esta mensagem, incluindo anexos, pode conter informação confidencial ou privilegiada, sendo seu sigilo protegido por lei. Se você não for o destinatário ou a pessoa autorizada a receber esta mensagem, não pode usar, copiar ou divulgar as informações nela contidas ou tomar qualquer ação baseada nessas informações. Se você recebeu esta mensagem por engano, por favor, avise imediatamente ao remetente, respondendo o e-mail e em seguida apague-a.
você pode gostar também