Na véspera da eleição da Mesa Diretora, PC mira Toinho Andrade e seu vice Amélio Cayres

Estado

Na véspera da eleição da Mesa Diretora, PC mira Toinho Andrade e seu vice Amélio Cayres

A Assembleia Legislativa voltou à mira da Polícia Civil nesta quinta-feira, 31, véspera da eleição da Mesa Diretora. A corporação cumpre mandados de busca e apreensão e de intimações simultâneas. Segundo informações preliminares, os gabinetes dos deputados Toinho Andrade (PHS) e do Amélio Cayres (SD) – candidatos a presidente e vice da Casa de Leis, respectivamente – estariam entre os alvos. O CT acionou a Secretaria de Segurança Pública (SSP), que aguarda o fim da ação para apresentar todas as informações.

Ao que tudo indica, a ação é mais uma fase da Operação Catarse, que já investigou membros do gabinete do deputado Valdemar Júnior (MDB) e teve o próprio emedebista como alvo. A Polícia Civil também já agiu na Câmara de Porto Nacional e Secretaria Geral de Governo. Em todos os casos, a corporação apura ocorrência de funcionários fantasmas e outros tipos de crimes contra a administração pública.

você pode gostar também