Pacientes aguardam meses por exame após máquina de ressonância quebrar

Por TV Anhanguera

 


Pacientes de Gurupi ficam sem exames após máquina quebrar
Bom Dia Tocantins
Pacientes de Gurupi ficam sem exames após máquina quebrar

Pacientes de Gurupi ficam sem exames após máquina quebrar

Pacientes de Gurupi, na região sul do estão, estão há mais de três meses esperando exames de ressonância magnética pela rede pública. Os procedimentos foram suspensos depois que o equipamento estragou. Os pacientes agora precisam ser encaminhados para Palmas. Outro problema na região é a demora na realização de cirurgias.

A Marivan Modena tem um problema neurológico, mas conta que o diagnóstico só será finalizado após passar pela ressonância. Ela está com a solicitação do médico há mais de 40 dias. “Já é a terceira vez que eles remarcam. Tudo arrastando. A Secretaria de Saúde tira o corpo fora e o povo é que paga o pato.”

Sem esse exame em Gurupi os pacientes foram incluídos no programa de tratamento fora de domicílio. Mas eles dizem que há falhas na assistência.

A dona de casa Maremi Saraiva conta que não consegue uma cirurgia no ombro. Ela foi encaminhada pela Secretaria de Saúde de Gurupi para ser atendida por ortopedista na capital.

“O remédio, o Dr. Breno falou que não adianta, que o meu caso é só cirurgia. Levei os papeis tudo na secretaria de saúde, tenho tudo aqui. Nunca me ligaram. Tu liga para lá e dizem que depende de Palmas, só que eles tem que dar uma resposta. Eles são encarregados pelo povo de Gurupi”, disse a aposentada.

Essa demora para fazer exames na rede municipal de saúde de Gurupi seria resultado do grande número de encaminhamentos. A cidade conta com apenas uma clínica médica credenciada para fazer os exames.

A demanda para cirurgias é ainda maior e cresce a cada dia. Atualmente são quase 500 pessoas na fila. Em uma ala da policlínica de Gurupi cedida para atendimento pelo estado, os pacientes esperam meses e até anos pelos procedimentos.

“Quando meu filho tinha um ano eu descobri que ele tem hérnia inguinal. A partir do momento que descobri eu corro atrás da cirurgia. Já é a quinta vez que venho aqui e nada resolve” contou a dona de casa Niely Barroso.

Já são cinco anos aguardando pela cirurgia do filho. “Eles falam que se eu chegar com ele lá sentindo bastante dor eles operam. Mas fora isso eles tem que encaixar na fila de espera.”

Pacientes aguardam por exames em Gurupi — Foto: Reprodução/TV AnhangueraPacientes aguardam por exames em Gurupi — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Pacientes aguardam por exames em Gurupi — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Outro lado

A Secretaria Municipal de Saúde de Gurupi informou, em nota, que nunca houve suspensão de serviços e os exames são realizados por clínicas especializadas, sendo que uma delas deixou de realizar os exames na filial de Gurupi, mas os pacientes são encaminhados a Palmas com tudo pago pela secretaria.

Sobre o caso da paciente Marivan Modena, a clínica informou que ela está agendada para o dia 5 de abril. Com relação à paciente Maremi Saraiva, que aguarda pela cirurgia ortopédica, a secretaria disse que todo o procedimento que era de responsabilidade do município foi realizado. Afirmou que a cirurgia foi solicitada ao estado no mês de janeiro, pois é de competência da Secretaria Estadual da Saúde, que no momento está com os procedimentos suspensos.

Sobre o caso de Edmar Barroso Ribeiro dos Santos a Secretaria de Saúde de Gurupi disse que todo o procedimento para a realização da cirurgia de hérnia inguinal foi realizado. Porém, a realização é de responsabilidade do Estado e o menor está na fila de espera.

Por sua vez, a Secretaria Estadual de Saúde informou, em nota, que os pacientes que aguardam por cirurgias esperam pelo agendamento para consulta pré-cirúrgica com especialistas.

A SES informou ainda que o Hospital Regional de Gurupi vai fazer o mutirões de cirurgias urológicas, de baixa e média complexidade nos meses de março e abril que atenderão a população referenciada, diminuído assim a fila de espera para estes procedimentos.

Sobre os outros casos, informou que a fila de espera para os procedimentos pode ser conferida no site da secretaria.

você pode gostar também