Parlamentar pede esclarecimento de assassinato de adolescente em Talismã

Reforçando a luta em defesa e proteção de crianças e adolescentes
vítimas de violência e pelo combate aos crimes contra mulheres, a
deputada Valderez Castelo Branco (PP) usou a tribuna nesta quinta-feira,
13, para pedir empenho da Polícia Civil do Tocantins para esclarecer o
assassinato de uma adolescente de 12 anos ocorrido na cidade de Talismã.
Em solidariedade à família da vítima, a parlamentar ressaltou que a
sociedade anseia por Justiça nesse caso e punição ao assassino.

Segundo Valderez, o assassinato de Andressa Aires, que estava
desaparecida desde o início deste mês, chocou a cidade de Talismã,
devido a crueldade e violência contra a vítima.

A parlamentar aproveitou a oportunidade para agradecer o empenho da
Polícia Civil de Itacajá, em especial a delegada Jeanie Daier de
Andrade, que comandou a investigação e pela prisão do acusado pelo crime
de estupro de duas crianças de 10 e 11 anos. Para a deputada, a punição
de tal crime e de todos aqueles praticados contra crianças, adolescentes
e mulheres merecem todo rigor da Justiça.

Prioridade

Em defesa das mulheres vítimas de violência doméstica, também foi
encaminhado para a Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ), na
sessão desta quinta-feira, 13, projeto de autoria da deputada Amália
Santana (PT), que dispõe sobre a prioridade no atendimento à mulher nas
Delegacias da Polícia Civil no Tocantins. Para a autora, a prioridade se
faz necessária, pois a experiência desses casos para a mulher costuma
ser delicado e constrangedor. Desta forma, o adiantamento do atendimento
pouparia as mulheres de situações desconfortáveis.

Maisa Medeiros.
Foto: Clayton Cristus

você pode gostar também