Programa de Saúde Vocal poderá ser implantado na rede estadual de ensino

om vistas à promoção de ações de cuidado com a voz entre os
profissionais da Educação, a deputada Valderez Castelo Branco (PP)
propôs a criação do Programa Estadual de Saúde Vocal.

A ideia é prevenir e conscientizar os educadores sobre a importância dos
cuidados com a voz, além de promover tratamento médico a professores com
distúrbio vocal, exames e atendimento fonoaudiológico e com
otorrinolaringologista.

Encaminhada à Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ), a
proposta aguarda nomeação de relator. Entre as ações sugeridas pela
deputada estão treinamentos com fonoaudióloga e introdução de exercícios
e técnicas para uso adequado da voz, bem como prevenção de disfonias e
alterações vocais.

Para a autora, o programa tem entre suas principais finalidades a ajuda
aos professores da rede estadual de ensino à prevenção de problemas
vocais e danos em consequência desse tipo de distúrbio. Também pretende
reduzir o número de afastamento de professores da sala de aula.

“A voz é um instrumento de trabalho do professor, e o cuidado é questão
de Saúde Pública. Portanto, temos de ajudar esses profissionais a
manterem sua saúde vocal e cuidar daqueles que precisam se recuperar,
dando-lhes tratamento adequado e apoio na sua readaptação”, destacou a
parlamentar.

Maisa Medeiros
Foto: Benhur de Sousa

você pode gostar também