Tio é preso suspeito de estuprar sobrinha adolescente e sequestrar vítima meses depois

 


Suspeito está detido na Casa de Prisão Provisória de Araguaína — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Suspeito está detido na Casa de Prisão Provisória de Araguaína — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Uma adolescente de 13 anos que estava desaparecida desde o mês de março foi localizada pela Polícia Civil em Araguatins, no norte do estado, na manhã desta quinta-feira (6). Os investigadores acreditam que a jovem foi estuprada e sequestrada por um tio dela, de 30 anos de idade, preso em Xambioá. As cidades ficam próximas uma da outra, na região conhecida como Bico do Papagaio.

A investigação foi conduzida pelo delegado Márcio Lopes da Silva. Ele esclareceu que os envolvidos não são parentes de sangue, uma vez que o suspeito é casado com uma tia da vítima. Os abusos teriam ocorrido no ano de 2020 e o sequestro alguns meses mais tarde. A polícia ainda tenta entender se o rapto foi uma tentativa de encobrir o primeiro crime ou se teve outra motivação.

O inquérito aponta que pouco antes de ser sequestrada a vítima tinha ido morar na casa que a tia divide com o suspeito. Ela foi localizada em um imóvel que pertence a parentes dele em Araguatins e a polícia afirma que ela foi levada ao local pelo próprio tio no dia em que desapareceu.

O suspeito teve a prisão temporária decretada pela Justiça. Durante a operação para capturá-lo, também foram cumpridos mandados de busca e apreensão nos imóveis ligados a ele em Xambioá e Araguatins. Os sigilos telefônico e telemático do homem também foram quebrados. Ele foi levado para a Casa de Prisão Provisória de Araguaína (CPPA).

você pode gostar também