Todo cristão sabe riscos da Covid, diz Mendonça ao defender cultos

‘Todo cristão sabe riscos da Covid’, diz Mendonça ao defender cultos
AGU cita passagens da Bíblia para contestar decretos que restrigem a realização de atividades religiosas
Por Mariana Muniz Atualizado em 7 abr 2021, 15h50 – Publicado em 7 abr 2021, 15h09
SIGA
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia e Mariana Muniz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
RADAR
Por Robson Bonin
Sem deixar qualquer dúvida de que quer ser o “terrivelmente evangélico” indicado por Jair Bolsonaro para o STF, André
Mendonça, da AGU, não poupou passagens da Bíblia para defender a realização de atividades religiosas durante a pandemia
que já matou mais de 300 mil brasileiros.
“Todo cristão sabe e reconhece os riscos e perigos dessa doença terrível e todo cristão sabe que precisa tomar cuidados e
cautelas diante dessa enfermidade”, afirmou o advogado-geral da União durante sua sustentação oral.
Mendonça criticou as medidas de restrição adotadas pelos estados e municípios e citou um estudo que aponta o Brasil como
campeão em transtornos de ansiedade para justificar a abertura de templos.
O ministro da Justiça e Segurança Pública, André Luiz de Almeida Mendonça Isac Nóbrega/PR
07/04/2021 ‘Todo cristão sabe riscos da Covid’, diz Mendonça ao defender cultos | VEJA
https://veja.abril.com.br/blog/radar/todo-cristao-sabe-riscos-da-covid-diz-mendonca-ao-defender-cultos/ 2/2
“Não estamos tratando de vida ou morte”, disse. Vale lembrar que apenas nesta terça-feira, o Brasil registou mais de 4
mil mortes apenas em razão da covid-19. O Supremo discute nesta quarta os decretos que impedem a realização de
atividades coletivas, entre elas as religiosas.

você pode gostar também