Vereadora Janad Valcari denuncia prefeita por superfaturamento na compra de testes para Covid-19

Vereadora Janad Valcari denuncia prefeita por superfaturamento na compra de testes para Covid-19

Segundo a parlamentar, a chefe do executivo teria comprado os testes rápidos em uma empresa sediada em Goiânia/GO por R$ 70 reais a unidade, enquanto em Palmas os testes estariam a venda por apenas R$ 20 reais

Na quarta-feira, 24, a presidente da Câmara de Palmas, vereadora Janad Valcari (Podemos), utilizou a tribuna para denunciar um possível esquema de corrupção na capital, envolvendo a prefeita Cinthia Ribeiro (PSDB). Segundo Janad, estaria havendo desvios do erário na compra de testes rápidos para a Covid-19.

Segundo a parlamentar, a chefe do executivo teria comprado os testes rápidos em uma empresa sediada em Goiânia/GO por R$ 70 reais a unidade, enquanto em Palmas os testes estariam a venda por apenas R$ 20 reais cada. Além disso, Valcari deu exemplos de municípios que compraram os testes por um valor mais baixo, e afirmou que a prefeitura de Palmas poderia ter feito o mesmo. “Araguaína comprou por R$ 13 reais a unidade, Guaraí por R$ 11,00 e Paraíso do Tocantins comprou os testes em Palmas por R$ 20 reais”, informou.

Por fim, a presidente declarou que recebeu em seu gabinete um envelope com provas do suposto crime, contendo documentos, um pen drive com áudios e prints de conversas, e que logo após o encerramento da sessão se encaminharia ao Ministério Público Federal, Ministério Público Estadual e a Polícia Federal para formalizar as denúncias.

A Prefeitura de Palmas enviou Nota à redação do Jornal Opção – Tocantins posicionando-se. Leia, na integra a manifestação oficial:

Confira a nota na íntegra 

”A Prefeitura de Palmas esclarece que realizou dois tipos de aquisições de testes em 2020, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (Semus), para ampliar o acesso ao diagnóstico da Covid-19.

A primeira aquisição foi de kits reagentes para a realização de testes diagnósticos sorológicos por quimioluminescência, uma metodologia específica e sensível capaz de detectar anticorpos IgG e IgM, sendo considerada pelo Ministério da Saúde como uma das mais eficazes para detecção de anticorpos anti–SARSCov2. Esta medida foi adotada para ampliar a capacidade de análise dos referidos testes, pois o município dispõe de dois equipamentos 100% automatizados, capazes de liberar mais de 100 amostras por hora. Foram adquiridos 30 mil testes Maglumi 2019-nCoV da empresa Vytra Diagnóstico Importação e Exportação S.A., com sede em Goiânia, a um custo de R$ 70,00 a unidade. Sendo 10 mil adquiridos em maio de 2020, conforme o contrato nº 55/2020 (Processo 2020022515), no valor total de R$ 894.457,88; e 20 mil testes em setembro de 2020, conforme o contrato nº 141/2020 (Processo 2020030226), no total de R$ 1.448.559,37, pagos com recursos próprios do Município. Nos valores dos contratos estão incluídos os insumos que compõem os kits de testes.

A segunda aquisição refere-se a testes rápidos, pelo método de imunocromatografia com sensibilidade acima de 86% e especificidade de 99,57%. Considerando a necessidade de descentralização e ampliação na oferta de testes rápidos, adotou-se a testagem rápida capilar na polpa digital. Foram adquiridos 40 mil testes para detecção de anticorpos IgG e IgM, ao custo de R$ 57,80 a unidade, por meio do Processo nº 2020039903, no valor total de R$ 2.312.000,00. Além da testagem para os pacientes suspeitos e/ou confirmados, também tem sido realizada a testagem de rastreio dos grupos mais expostos.

Estas informações estão disponíveis no Portal da Transparência da Prefeitura de Palmas, na aba específica sobre a Covid-19.”

você pode gostar também