Justiça suiça aceita recurso e Guerrero poderá disputar a Copa

Justiça suiça aceita recurso e Guerrero poderá disputar a Copa

Crédito: Ernesto BENAVIDES AFP

Estadão Conteúdo

O Tribunal Federal da Suíça concedeu nesta quinta-feira (31), efeito suspensivo à decisão de banir o jogador Paolo Guerrero, permitindo que ele possa ir à Copa do Mundo na Rússia. Atacante do Peru e do Flamengo, ele havia sido suspenso pela Corte Arbitral do Esporte (CAS, na sigla em inglês), depois que conseguiu uma redução importante de sua pena.

A punição original por suposto uso de doping era de um ano, o que o deixava de fora do Mundial de 2018. Mas, depois de um recurso na própria Fifa, a pena caiu para seis meses e terminava em maio, permitindo que o jogador pudesse ir ao Mundial.

PUBLICIDADE

Mas, num recurso apresentado pela Agência Mundial Antidoping (Wada, na sigla em inglês), a CAS reverteu a decisão da Fifa e aplicou uma suspensão de até 14 meses, que o tirava da Copa. Guerrero chegou a ir até a Fifa, em Zurique, para pedir uma intervenção do presidente da entidade, Gianni Infantino. Mas não obteve sucesso.

Sua última cartada era sair dos tribunais esportivos e levar o caso à corte comum, na Suíça. Guerrero, assim, solicitou que o seu caso fosse tratado apenas depois do Mundial, o que acabou também sendo aceito pela CAS.

você pode gostar também