Milton Neris terá que ficar calado, após nomeação do filho pela prefeita de Palmas

 

A nomeação do filho do parlamentar foi publicada no diário oficial do município na edição nº 2125 na sexta-feira (16).

Vereador Milton Neris (PP) durante discurso na tribuna da Câmara em palmas — Foto: Reprodução/Agência Tocantins

A nomeação do filho do vereador Milton Neris (PP), pela prefeitura de Palmas, caiu como uma bomba no colo daqueles que viam o parlamentar como um verdadeiro fiscalizador do bem público. Para alguns críticos do município, a nomeação do jovem Milton Neris Santana Júnior foi um “cala a boca” da prefeita no vereador do partido progressista.

O ato da contratação foi publicado no diário oficial do município na edição nº 2125 na sexta-feira (16). De acordo com a publicação, o jovem Milton Neris Santana Júnior, exercerá a função de assessor técnico na Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos, com gratificação DAS-5, com salário de mais de R$ 3.000,00.

Diário Oficil – Foto: Reprodução/Agência Tocantins (2)

No inicio do ano, precisamente no dia 16 de abril, criticou a nomeação de várias mulheres no primeiro escalão da Prefeitura de Palmas causou reação do vereador Milton Neris (PP). Ele usou sua conta no Twitter para criticar o que chamou de “Guerra dos Sexos” ou favorecimento de um gênero em relação a outro.

Em seu tweet, Neris disse achar ridículo o cultivo de alguns a respeito da guerra dos sexos. “Acho ridículo o cultivo de alguns a respeito da guerra dos sexos… cultivar o fortalecimento da família seria o melhor remédio do que dividi-las pelo sexo!”, disse.

Divulgação/Twitter

 

Divulgação/Twitter

 

Divulgação/Twitter

Agora fica a pergunta, será que na época o parlamentar progressista já havia indicado o nome do próprio filho para ser nomeado pela prefeita, e não teve seu pedido atendido pela chefa do executivo municipal, e por esse motivo apelou criticando as nomeações assinadas do primeiro escalão feito pela prefeita.

Após a nomeação do jovem Neris, a ficha caiu para muitas pessoas que tinha o parlamentar como um bom fiscalizador, haja vista, que em todos seus pronunciamentos na tribuna do parlamento municipal, Milton sempre criticou as ações do executivo, o que dar a entender é que ele só critica, ou fala mau da administração municipal, no intuito de ter suas solicitações atendidas, como por exemplo, a nomeação do seu filho, haja vista, que a verdadeira função do vereador é de fiscalizar as ações do executivo, para isto, atender os anseios da nossa população na melhoria de vida em geral.

Vale ressaltar que ultimamente, Milton Neris tem frequentado o gabinete da gestora do município, e em seu último pronunciamento, ao invés de criticar, mostrou-se satisfeito com as últimas ações feitas e assinadas pela prefeita, isso só para o vereador, sendo que a cidade continua com os mesmos problemas, será por que o parlamentar mudou seu discurso?

Uma fonte do portal de notícias Agência Tocantins, que trabalha na Câmara Municipal, falou que nos corredores da casa de leis, não se fala em outro assunto, a não ser sobre o “cala boca” que a prefeita deu no parlamentar, os principais comentários são, “com a nomeação de Neris Júnior, o Neris pai terá que ficar calado e bem quietinho”, para manter seu filho no cargo.

O que chama a atenção, referente à nomeação do filho do parlamentar, é por ter na cidade centenas de homens e mulheres desempregados, ou seja, pais de família, onde boa parte desses eram funcionários públicos contratados que exerciam a função de auxilar de serviçios gerais, e foram exonerados no último dia 1 de novembro pela gestora do executivo municipal, na alegação de cortar gastos, no total foram extintos 1153 cargos.

 

Veja mais notícias da região no Agência Tocantins

você pode gostar também