Suspeito de matar oficial da PM no Tocantins é preso em operação da Polícia Militar no Piauí

Carlos Alberto estava foragido da justiça desde o mês de abril desse ano quando fugiu da Casa de Prisão Provisória de Palmas – CPPP.

10/06/2020 23h44Atualizada há 19 minutos

245

Por: RedaçãoFonte: Redação / Agência Tocantins

Calos Alberto Mendes da Rocha estava foragido desde abril desse ano quando fugiu da CPP de Palmas – Foto: Reprodução/Agência Tocantins

O principal suspeito de assassinar um subtenente Milton Caetano da Polícia Militar do Tocantins, em abril de 2017, durante uma tentativa de assalto na Quadra 904 Sul, foi preso nessa quarta-feira (10) durante uma operação deflagrada pela Polícia Militar do estado do Piauí.

De acordo com informações apuradas pela reportagem da Agência Tocantins, Calos Alberto Mendes da Rocha foi capturado em uma residência localizada no Povoado dos Cocais, no município de Marcos Pontes, no interior do Piauí.

Carlos Alberto estava foragido da justiça desde o mês de abril desse ano quando fugiu da Casa de Prisão Provisória de Palmas – CPPP. A operação que resultou na captura do foragido foi comandada pela equipe da Polícia Militar de Guadalupe.

Equipe composta pelos militares da 2ªCia/10ºBPM, no Comando do Capitão Reginaldo, juntamente com as equipes dos GPMs de Marcos Parente, Landri Sales e Porto Alegre.

Continua depois da publicidade

Após ser capturado, Carlos Alberto foi levado para a Delegacia da Polícia Civil de Guadalupe, onde foi dado fiel cumprimento à ordem judicial expedida pelo Poder Judiciário da Comarca de Palmas, Tocantins e posteriormente foi colocado à disposição do poder judiciário tocantinense para onde ele deve ser recambiado nos próximos dias.

Calos Alberto Mendes da Rocha foi capturado em uma residência localizada no Povoado Cocais – Foto: Reprodução/Agência Tocantins

Entenda o caso da morte do Militar Tocantinense

Continua depois da publicidade

Policial foi baleado durante assalto em Palmas – (Foto: Reprodução/Facebook)

O subtenente da Polícia Militar Milton Caetano, de 32 anos, foi baleado durante um suposto assalto na manhã deste sábado (1º) na quadra 904 Sul, em Palmas. Ele foi atendido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e levado para o Hospital Geral de Palmas (HGP), mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Conforme a PM, o policial estava dentro de casa quando foi abordado por dois criminosos armados. Testemunhas disseram que os homens tentaram roubar o veículo da vítima, que teria reagido e acabou baleado.

Continua depois da publicidade

A informação de que ele reagiu, porém, ainda não foi confirmada pela polícia. Durante a ação, a mulher do policial também foi agredida pelos criminosos e levada para o pronto-socorro. Ela teria levado uma coronhada na cabeça. A PM disse que o estado de saúde dela não é grave.

Os suspeitos fugiram levando o carro das vítimas. Caetano era subtenente e fazia parte da banda de música da polícia e deixa uma filha de dois anos.

“O comando da PMTO está prestando todo o apoio necessário à família do policial militar, bem como disponibilizamos, imediatamente aos fatos, pessoal para diligenciar e capturar os autores o mais rápido possível, inclusive contando com apoio de outras forças de segurança”, diz nota da Polícia Militar.

Carlos Alberto após ser capturado pela PM do Piauí – Foto: Reprodução/Agência Tocantins

você pode gostar também