Governo do Tocantins libera aulas presenciais para últimos anos da educação básica e ensino superior


Palácio Araguaia, sede do Governo do Tocantins — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Palácio Araguaia, sede do Governo do Tocantins — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

O governador Mauro Carlesse (DEM) editou um decreto, na noite desta quarta-feira (30), liberando as aulas presenciais para estudantes dos últimos anos da educação básica e para educação superior. O texto publicado no Diário Oficial do Estado mantém a proibição para os primeiros anos do ensino básico até 31 de outubro. A medida vale para todos os estabelecimentos públicos ou privados.

O Tocantins estava com as atividades presenciais da educação suspensas desde o dia 13 de março. O estado tem, nesta quarta-feira (30), o total de 68.003 diagnósticos e a quantidade de mortes subiu para 939. A Secretaria de Estado de Saúde afirma que os números vêm diminuindo.

Segundo o decreto, as instituições de educação básica e superior deverão cumprir todos os protocolos de saúde que forem editados pela Secretaria Estadual de Saúde, com a cooperação da Secretaria Estadual da Educação, Juventude e Esportes para garantir a segurança de estudantes e profissionais durante as aulas presenciais.

O governo ainda não definiu o cronograma de retomada na rede pública estadual, mas na última segunda-feira (28) informou que em outubro os alunos devem voltar às aulas presenciais. Os primeiros a retornar serão os estudantes do 3º ano do ensino médio.

você pode gostar também