Maduro acusado de retirar 8 toneladas de ouro do BC

Maduro acusado de retirar 8 toneladas de ouro do BC

Português   English   Español
Maduro acusado de retirar 8 toneladas de ouro do BC
TARCISO MORAIS

TARCISO MORAIS

Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Ao menos oito toneladas de ouro foram removidas dos cofres do Banco Central da Venezuela na última semana.

A medida é o sinal mais recente do desespero do ditador Nicolás Maduro para levantar recursos em meio a sanções cada vez mais duras dos Estados Unidos contra o país.

Segundo a agência Reuters, a informação foi confirmada por um parlamentar da oposição e três fontes governamentais.

O ouro foi retirado em veículos do regime entre quarta e sexta-feira da semana passada (20 a 22), quando não havia nenhum guarda regular no banco.

“Eles planejam vender (o ouro) no exterior ilegalmente”, disse o parlamentar Angel Alvarado em entrevista.

O banco central da Venezuela não se manifestou sobre as acusações.

Como você viu na RENOVA, para garantir a lealdade do alto escalão militar, o ditador Maduro firmou acordos com seus generais oferecendo participações nas extrações de ouro e minérios.

você pode gostar também