Espanha rejeita posicionamento de Macron sobre acordo UE-Mercosul

Espanha rejeita posicionamento de Macron sobre acordo UE-Mercosul

Espanha rejeita posicionamento de Macron sobre acordo UE-Mercosul
Tarciso Morais

Tarciso Morais

Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

“A Espanha liderou o último impulso para a assinatura do Acordo UE-Mercosul, que vai abrir enormes oportunidades para ambos os blocos regionais”, afirmou o governo espanhol.

O governo da Espanha “não compartilha a postura de bloquear o acordo” da União Europeia com o Mercosul, como propôs o presidente da França, Emmanuel Macron.

O posicionamento foi proferido, neste sábado (24), pelo governo espanhol em uma declaração recebida pela agência AFP.

Em sua mensagem, a Espanha afirmou:

“Para a Espanha o objetivo de luta contra a mudança climática é um objetivo prioritário, mas consideramos que é justamente aplicando as cláusulas ambientais do Acordo que mais se pode avançar, e não propondo um bloqueio de sua ratificação que isole os países do Mercosul.”

E acrescentou:

“A Espanha liderou o último impulso para a assinatura do Acordo UE-Mercosul, que vai abrir enormes oportunidades para ambos os blocos regionais.”

A proposta de Macron, em plena inquietação mundial pelos incêndios na Amazônia, foi criticada também pelo Reino Unido e pela Alemanha.

Também neste sábado, o novo premiê britânico Boris Johnson criticou Macron ao dizer que “há todo tipo de pessoa que usará qualquer desculpa para interferir no comércio e frustrar os acordos comerciais, e eu não quero ver isso.”

você pode gostar também