Governador Mauro Carlesse repassa direitos e obrigações da RedeSat para Unitins e homenageia ex-reitores

Governador Mauro Carlesse repassa direitos e obrigações da RedeSat para Unitins e homenageia ex-reitores

Programações terão um viés mais educativo e informativo aos telespectadores e ouvintes

Jesuino Santana Jr./Governo do Tocantins

A reforma administrativa realizada pelo Governo do Tocantins no último mês de março, modernizou a estrutura do Executivo estadual e trouxe algumas mudanças como a extinção da RedeSat, que teve sua estrutura e direitos transferidos para a Universidade Estadual do Tocantins (Unitins).

Nessa quarta-feira, 17, o governador Mauro Carlesse editou decreto no qual a Unitins assume os direitos e obrigações decorrentes da RedeSat, para isso o reitor da instituição, Augusto Rezende, ficou autorizado a baixar eventuais atos necessários para o cumprimento do ato.

No dia 6 de março de 2019, a Assembleia Legislativa aprovou a lei proposta pelo Executivo estadual que extinguiu a RedeSat. Com isso, A Unitins incorporou a antiga estrutura da fundação e as emissoras 96 FM e TVE Tocantins passaram a integrar totalmente a estrutura da universidade.

Caráter educativo na programação

O objetivo do Governo em delegar à Unitins as emissoras que pertenciam à RedeSat, além da redução de custos da máquina pública, é para que as programações tenham um viés mais educativo e informativo aos telespectadores e ouvintes.

No último mês de março, o governador Mauro Carlesse, o reitor da Unitins, Augusto Rezende; e o diretor de Rede da TV Cultura, Fábio Borba, assinaram um Termo de Cooperação Cultural que assegura a retransmissão da programação por meio da emissora de TV da universidade. A vigência é de quatro anos prorrogáveis conforme interesse das partes.

A assinatura fez com o que Governo deixasse de retransmitir a programação da TV Brasil e passasse a fazer transmissão da TV Cultura. Por enquanto, essa transmissão está sendo feita integralmente, visto que a Unitins ainda está em fase de revisão e definição da nova programação da sua emissora de TV. Assim que o novo formato for lançado, a Unitins fará retransmissão parcial da programação da TV Cultura, visto que as outorgas para a TV educativa da universidade são de geradora de conteúdo, de modo que a emissora local deve contar também com programação própria.

96 FM com nova programação

A emissora de rádio 96 FM, anunciou sua nova programação no início deste mês de abril. Enquanto rádio pública e educativa, a nova programação diária de segunda a sexta-feira conta com programas recreativos, educativo-culturais e informativos com interatividade em todos os momentos.

Ao todo são oito programas voltados à informação, ao conhecimento, com notícias, entrevistas, jornalistas “ao vivo”, entretenimento, participação dos ouvintes; veiculação, também, de projetos especiais desenvolvidos por professores e servidores da Unitins, entre outros.

Outras divulgações no DOE

Ainda no Diário Oficial dessa quarta-feira, o governador Mauro Carlesse sancionou a Lei nº 3.460, que homenageia os ex-reitores da Unitins Ruy Rodrigues da Silva e Elizângela Glória Cardoso.

O Câmpus da Unitins na Área Residencial Sudeste (Arse) 13, em Palmas, recebeu o nome de Câmpus Administrativo Professor Ruy Castro Rodrigues da Silva. O homenageado foi reitor da universidade entre os anos de 1998 e 1999, durante o governo de Siqueira Campos. Ruy faleceu em 2016, aos 89 anos, em Goiânia (GO).

Já o Câmpus da Unitins na Avenida Juscelino Kubitschek, próximo ao Lago de Palmas, ganhou o nome da ex-reitora Elizângela Glória Cardoso. Ela esteve à frente da universidade de janeiro de 2015 a junho de 2017, quando veio a óbito, aos 36 anos, em razão de um câncer no intestino.

O governador Carlesse ainda editou os decretos nº 5.924, que reconhece, pelo período de três anos, o Curso de Graduação em Ciências Contábeis, ministrado pela Unitins, no Câmpus de Dianópolis; e o de nº 5.925, que renova, pelo período de quatro anos, o reconhecimento do Curso de Serviço Social – Bacharelado, ministrado pela Unitins, no Câmpus de Palmas.

Foto: Unitins/Governo do Tocantins

você pode gostar também