Governo promove campanha educativa em escolas para combater queimadas no Tocantins

Governo promove campanha educativa em escolas para combater queimadas no Tocantins

Serão visitadas as escolas públicas dos municípios com maior número de registros de incêndios
Núbia Daiana Mota/Governo do Tocantins
 

Buscando aliados na prevenção às queimadas, o Governo do Estado iniciou uma campanha de sensibilização nas escolas púbicas do Tocantins. Nesta quarta-feira, 4, representantes do Comitê do Fogo visitaram as cinco primeiras unidades escolares  no distrito de Taquaruçu, em Palmas, região onde tem sido registrados muitos focos de incêndios.

Os estudantes participaram de uma blitz educativa, receberam material informativo e conheceram as ações promovidas pelo executivo estadual visando minimizar os danos ambientais e para a população neste período de estiagem.

O assessor de Educação Ambiental do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), Fábio Alves Oliveira, falou para os educandos sobre a importância de cada um na preservação ambiental. “As queimadas afetam a fauna, a flora, as nascentes e acarretam uma perda da biodiversidade que acabam prejudicando todos nós”, destacou.

Para completar o recado, o tenente Borges, da Defesa Civil Estadual, lembrou que “proteger o meio ambiente é proteger nosso próprio lar. Os incêndios não só destroem a natureza, como afetam a nossa saúde e nossa qualidade de vida, além de ser um crime passível de multa e prisão”, frisou.

A aluna do Colégio Estadual Duque de Caxias, Ana Luísa do Nascimento Martins, de 14 anos, aprovou a iniciativa. “Eu nasci aqui em Taquaruçu e sempre que chega essa época me entristeço em ver a serra e as matas em chamas. Se tem queimada é porque alguém foi lá e colocou fogo. Acho muito importante que os jovens aprendam o quanto isso faz mal para nós mesmos e para o planeta”, avaliou.

Educação ambiental

Conforme a técnica de Educação Ambiental da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), Rose Ferreira, atividades educativas ligadas à conscientização ambiental são realizadas ao longo do ano nas unidades escolares da rede estadual.

“São abordadas temáticas como o uso consciente dos recursos naturais, sustentabilidade, assim como a prevenção e combate às queimadas, que no nosso estado são, em maioria, provocadas pela população. Ao sensibilizar o público estudantil, estamos formando cidadãos conscientes quanto aos danos desta prática criminosa. Eles também são importantes agentes multiplicadores desta ideia de preservação”, enfatizou Rose.

Como Denunciar

Na visita às escolas, a equipe representante do Comitê do Fogo também orientou os alunos sobre o disk denúncia. A diretora de Desenvolvimento Sustentável da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), Karine Sotero Campos, explicou como a ferramenta funciona. “Qualquer pessoa pode denunciar os focos de incêndio. A denúncia é anônima e pode ser feita pelo whatsapp ou por telefone. As informações são repassadas ao Corpo de Bombeiros para que as equipes de brigadistas possam atuar o mais rápido possível evitado que o fogo se alastre”, afirmou.

Os alunos receberam cartilhas e passatempo para ajudar a esclarecer as dúvidas sobre o tema. Também foram distribuídos adesivos com os números para denúncias de focos de incêndio: 99988-0030, pelo aplicativo whatsapp, ou via ligação telefônica pelo número 0800 63 11 55.

você pode gostar também