Operação Teto Baixo visa desarticular tráfico interestadual de cocaína em RR, TO e mais 5 estados

Operação Teto Baixo visa desarticular tráfico
interestadual de cocaína em RR, TO e mais 5
estados
Investigação com 106 mandados judiciais expedidos é comandada pela Polícia Federal de Roraima;
no Tocantins a ação cumpre mandado de prisão e busca em Gurupi
17/10/2019 – 11:26
A Operação Teto Baixo da Polícia Federal cumpre 106 mandados judiciais em sete estados nesta
quinta-feira, 17. A ação que visa desarticular organização criminosa especializada no tráfico
interestadual de cocaína tem ação no Amazonas, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Pará,
Tocantins e Roraima. Os mandados foram expedidos pela Justiça de Roraima.
São cerca de 200 policiais participam da ação nos estados, sendo 30 mandados de prisão preventiva,
seis de prisão temporária, 27 de busca e apreensão, sete mandados de bloqueio/suspensão de
regularização de imóvel rural e 36 mandados de sequestro/bloqueio de bens. Entre os bens
bloqueados estão 18 aviões, imóveis, propriedades rurais e mais de R$ 290 milhões de contas
bancárias nos nomes de 36 investigados.
No Tocantins, três mandados de prisão e dois de busca e apreensão foram cumpridos em Gurupi.
Investigações
Conforme a PF, as investigações começaram no final de 2016, quando um avião caiu em Caracaraí
(RR) e os ocupantes fugiram, que deixou suspeitas sobre o conteúdo transportado. A partir dessa
suspeita, os policiais federais conseguiram apurar que os responsáveis pela aeronave estariam
envolvidos em uma organização criminosa destinada ao tráfico de drogas.
Ao longo de 2017, três ações coordenadas pela força policial resultaram na apreensão de mais de
meia tonelada de cocaína nos estados de Roraima, Pará e também no Tocantins. Segundo a PF, o
esquema envolve o transporte de cocaína recebida no Norte do País, por meio de aviões, com
destino ao Centro-Oeste.
A estimativa da PF é que cada voo transportava em média 550 kg da droga e o grupo contaria com
pelo menos 18 aeronaves. A cocaína era transportada em São Gabriel da Cachoeira (AM) para uma
17/10/2019 Operação Teto Baixo visa desarticular tráfico interestadual de cocaína em RR, TO e mais 5 estados

pista clandestina em de Roraima, para afastar de regiões com maior fiscalização, para depois ir em
direção a estados como Goiás e Tocantins, onde era distribuída.
A organização, conforme a Polícia, seria estruturada em três núcleos: um familiar – formado por
parentes do líder esquema que comandavam os negócios -, um outro de apoio – como a identificação
de pistas clandestinas, arrendamento de fazendas e abastecimento das aeronaves – e o último dos
pilotos.
A base de operações do grupo estaria em São Gabriel do Oeste (MS), entretanto, em agosto 2017,
devido uma ação da Polícia Civil transferiram a estrutura para Santarém (PA). O grupo, na época,
era investigado por clonagem de aeronaves para tráfico de drogas. O nome da operação faz
referência a prática de voos clandestinos.

você pode gostar também